19/05/2022 (21) 979164559

Esportes

 Sanitiza Express 728x90 - L0cal - 1

Brasil fecha Jogos Sul-Americanos da Juventude à frente do quadro de medalhas

País terminou o megaevento disputado na Argentina com um total de 147 pódios em 24 das 26 modalidades. Em Santiago 2017, foram 61 ouros

Por Redação 09/05/2022 às 18:36:13

Foto: COB

A nova geração do esporte brasileiro mostrou força no continente. Assim como no Pan Júnior de Cali, em novembro de 2021, o Brasil terminou os Jogos Sul-americanos Rosário 2022 no topo do quadro de medalhas. Com 64 ouros, o país superou a participação na última edição do evento, em Santiago 2017, quando subiu ao degrau mais alto do pódio 61 vezes.

O Brasil liderou a competição durante os 12 dias de disputa e finalizou a campanha com 147 medalhas (foram ainda 40 pratas e 43 bronzes). Das 26 modalidades com representantes nacionais, 24 subiram ao pódio. "Conquistamos em Rosário mais medalhas de ouro do que na última edição dos Jogos Sul-americanos da Juventude, o que comprova a melhora qualitativa do desempenho. Isso só demonstra que o trabalho em parceria com as confederações está surtindo efeito", afirmou o chefe da Missão Brasileira em Rosário, Kenji Saito.

O Brasil chegou aos Jogos com o objetivo de manter a hegemonia no continente sul-americano. A incógnita se dava em virtude dos efeitos da pandemia, já que muitas competições das categorias de base foram canceladas, assim como diversos treinamentos acabaram prejudicados.

"Diante desse cenário, havia uma dúvida sobre como seria o nosso desempenho. Mas, sem dúvida, foi um sucesso. Conquistamos praticamente o dobro de medalhas de ouro comparado ao segundo colocado, o que demonstra que o Brasil segue forte", completou Kenji. A Colômbia terminou os Jogos na segunda colocação, com 35 ouros e um total de 93 medalhas. Já a Argentina teve 131 medalhas, 31 douradas.

Os Jogos Sul-americanos da Juventude proporcionaram ainda uma experiência marcante para um grupo de atletas brasileiros. Quase 50% da delegação nacional viajou internacionalmente pela primeira vez.

Em Rosário, o Brasil foi representado por 230 atletas de até 18 anos em 26 modalidades: atletismo, badminton, basquete 3x3, boxe, ciclismo, escalada esportiva, esgrima, futsal, ginástica artística, handebol de praia, hóquei sobre grama, judô, karatê, levantamento de pesos, natação, patinação artística, patinação velocidade, rugby, skate street, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiro com arco, triatlo, vôlei de praia e wrestling.

A terceira edição dos Jogos Sul-americanos da Juventude reuniu 2.500 atletas, de 15 países, e teve um conceito inovador. Todas as competições foram realizadas em um mesmo local, o Parque da Independência, com grande envolvimento da população local.

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

Curta nossa página no Facebook é só clicar no botão


Fonte: Rede do esporte

Comunicar erro
Comentários