19/05/2022 (21) 979164559

Política

 Sanitiza Express 728x90 - L0cal - 1

Vereador Poubel faz fiscalização e constata irregularidades em escola pública de São Gonçalo

Por Redação 09/05/2022 às 19:51:54

Foto: Reprodução

O vereador Poubel fez mais uma fiscalização na rede municipal de São Gonçalo. Na ocasião, ele esteve no Colégio Municipal Presidente Castello Branco, no Boaçu, onde constatou irregularidade na unidade de ensino.

Durante a fiscalização, Poubel foi recebido por funcionários, incluindo a diretora, que autorizou a fiscalização. O vereador percorreu diferentes pontos da unidade. Ele ouviu reclamação de que as salas são muito quentes, pois os ventiladores não estão refrescando o ambiente.

O vereador continuou andando pelos corredores até que ele foi surpreendido pela diretora falando que ele não podia realizar a fiscalização por ordem da Secretaria de Educação, mas resguardado pelo artigo 31 da constituição brasileira, que diz que a fiscalização do município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal, continuou fiscalizando a escola.

Nos fundos da escola foi encontrado uma enorme quantidade de cadeiras, muitas delas novas, que não estavam sendo utilizadas. Segundo o vereador, algumas delas foram compradas neste ano.

"As cadeiras foram compradas nesta gestão, e estão largadas. É uma falta de planejamento total. São cadeiras que poderiam ser distribuídas para outros colégios que não tem", disse Poubel.

Ainda durante no momento que a fiscalização estava sendo realizada, chegaram no local o Secretário de Ordem Pública de São Gonçalo e diversos agentes do Programa São Gonçalo Presente. O vereador qualificou a ação como intimidação.

"Eu estava fiscalizando tranquilamente até que um de meus assessores me informou que o secretário de ordem pública e aproximadamente 12 policiais militares do Segurança Presente tinham chegado ao local por causa da fiscalização. O executivo vem extrapolado os limites há muito tempo, mas dessa vez foi o extremo, tentar intimidar um parlamentar no exercício de sua função com polícias militares além de ser um desrespeito com o vereador que foi eleito pelo povo é rasgar a constituição e ignorar a lei. Logo após sair da fiscalização fui à delegacia 72 e fiz o registro de uma medida assecuratória contra o ato do secretário. E deixo aqui a reflexão. O que esperar de um governo que não respeita o povo e uma fiscalização?", disse Poubel.

Procurada, a Secretaria de Educação de São Gonçalo esclareceu que as cadeiras encontradas nos fundos do Colégio Municipal Presidente Castello Branco não estão abandonadas, elas são do prédio anexo, Castellinho, que estava passando por obras, por isso estavam sem utilização. O mobiliário será higienizado e voltará para as salas de aula assim que a reforma e a limpeza forem concluídas.

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

Curta nossa página no Facebook é só clicar no botão


Comunicar erro
Comentários