28/06/2022 (21) 979164559

Polícia

 Sanitiza Express 728x90 - L0cal - 1

Cartaz pede informações dos envolvidos na morte de técnico de informática em São Gonçalo

A vítima teria sido atingida por disparos de fuzil feito por criminosos no Jardim Catarina

Por Redação 23/06/2022 às 23:12:48

Foto: Divulgação

O Portal dos Procurados divulga nesta quinta-feira (23), um cartaz para ajudar nas investigações da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá – DHNSGI – a fim de obter informações que levem à identificação e prisão dos envolvidos na morte do técnico de informática, Bruno Jardim Longoboco, de 33 anos. O trabalhador foi morto a tiros na última quarta-feira (22), no bairro do Jardim Catarina, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio.

Bruno passava pela Avenida Doutor Albino Imparato, no momento em que uma viatura do serviço reservado da Polícia Militar foi cercada e alvejada por traficantes. O carro que o técnico dirigia, bem como o da PM, foram atingidos pelo para-brisa traseiro.

De acordo com informações do 7º BPM (São Gonçalo), não houve troca de tiros. Após os disparos cessarem, Bruno foi encontrado morto no veículo. Os policiais não ficaram feridos e teriam se protegido atrás de postes.

A DHNSGI assumiu o caso e fez pericia no local, e agentes da especializada buscam câmeras de segurança e testemunhas que possam ajudar na identificação dos autores do crime.

Disque Denúncia recebe informações sobre a localização e identificação dos envolvidos na morte de Bruno Jardim, nos seguintes canais de atendimento:

Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099

(21) 2253 1177 ou 0300-253-1177

APP "Disque Denúncia RJ"

Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/,

https://twitter.com/PProcurados (mensagens).

Site Portal dos Procurados – em Denuncie – (procurados.org.br/contato).

Em todas as plataformas digitais, o Anonimato é Garantido.

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

Curta nossa página no Facebook é só clicar no botão


Comunicar erro
Comentários