19/08/2022 (21) 979164559

Polícia

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO do WhatsApp -728x90 - Topo do Site - Local 1 e 2

PM acusada de matar a irmã em São Gonçalo deixa a delegacia escoltada por policiais

Por Redação 02/07/2022 às 19:20:12

Rhaillayne de Oliveira de Mello, de 23 anos, a policial militar acusada de matar a tiros a própria irmã, Rhayna Mello, de 22 anos, deixou a delegacia de Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) na tarde deste sábado (2) escoltada por policiais militares. Ela vestia um casaco similar a uma farda do Exército.

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

A acusada recebeu voz de prisão do próprio marido que também é policial militar. Ele conduziu a esposa até a delegacia onde foi presa em flagrante por homicídio.

Cápsulas foram recolhidas no local pelos investigadores. Imagens de câmeras de segurança e informações de testemunhas irão ajudar a esclarecer o crime.

O Crime

Ainda não se sabe o que teria motivado o homicídio, que aconteceu em um posto de combustíveis localizado na Rua Francisco Portela, no bairro Camarão, mas de acordo com a atendente Josiane Reis da Silva, as irmãs já chegaram no local discutindo.

"Elas estavam em um bar e foram ao posto para ir no banheiro, elas já haviam saído do bar discutindo e infelizmente aconteceu essa cena lamentável, foi muito tiro", contou.

A Polícia Militar informou que uma equipe do 7º BPM (São Gonçalo) foi acionada para o local e se deparou com a jovem morta. O local foi isolado, já a perícia realizada pela DHNSG.

Após o trabalho pericial, o corpo foi removido para o Instituto Médico-Legal (IML) de Tribobó.

Leia também o São Gonçalo RJ através do Google Notícias.

Curta nossa página no Facebook é só clicar no botão


Comunicar erro
Comentários