:
04/03/2024 (21) 979164559

Manchetes

5ª Meia Maratona de Niterói reúne 3 mil atletas de diversas idades em provas adulta e kids

Gilberto Silvestre e Mirlene da Silva vencem no solo de 21km, com direito a quebra de recorde da corredora friburguense

Por Redacao 11/09/2023 às 05:39:46

Foto: Divulgação / Bruno Eduardo Alves

Gilberto Silvestre Lopes e Mirlene da Silva dos Santos foram os campeões da 5ª Meia Maratona de Niterói, vencendo a categoria solo dos 21Km. Gilberto cruzou a chegada com o tempo de 1h07m59s e Mirlene com 1h20m09s. O podium reuniu ainda Edson Emidio (2° lugar) e Flávio Carvalho Stumpf (3° lugar). No solo feminino, o 2° melhor tempo foi de Glauciele de Oliveira de Souza e o 3° lugar ficou com Luiza Cravo de Azevedo.

Não perca nossas principais notícias, participe do nosso grupo de WhatsApp CLIQUE AQUI e fique informado todos os dias. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

Mineiro, Gilberto conta que usou o evento como treinamento para a Maratona Internacional de Foz de Iguaçu, que acontece no final de setembro, e o Campeonato Mundial Militar de Meia Maratona, em outubro, na Suíça.

"A prova foi ótima! Eu corri com foco na Maratona Internacional de Foz de Iguaçu e no Mundial Militar de Meia Maratona. E esta prova serviu como um teste final. Estou muito satisfeito! Tenho treinado intensamente. Somente esta semana rodei 170km, mas a média é de 180km a 200km semanais. A rotina de treinamento é bem puxada", explica o maratonista de 34 anos.

Moradora de Nova Friburgo, Mirlene não só venceu, como bateu o novo recorde da prova de 21km.

"Estou muito feliz e realizada. Eu já venho treinando há bastante tempo. Estou voltando a correr as corridas mais longas, então estou bem preparada. Corri no Rio de Janeiro dia 20 e fiquei entre as nove melhores do Brasil, o que também foi uma marca muito boa. A preparação é bastante dura. Valeu muito a pena!", afirma a campeã, de 38 anos.

Cerca de 3 mil maratonistas participaram da programação, que contou, ainda, com percursos de 12km e 5km, além da corrida kids, que aconteceu sábado. Nas provas dos 12km, Amir Ramos Alonso e Alessandra Honorato Neves foram os destaques e venceram as disputas, superando Júlio César Barbosa da Conceição e Roberta Gaspar Daquino, que ficaram com o vice-campeonato, e Matheus Serra Nunes Siqueira e Alessandra da Silva Ferreira, que chegaram em terceiro. Na disputa de 5km, Felipe de Freitas e Sandra Martins cruzaram a linha de chegada na frente de Ezequiel Ambrosio Correa e Kelly Souza Rodrigues. Daniel Heleno de Brito e Cintia Rozeno completaram o pódio.

Os participantes largaram e chegaram no Caminho Niemeyer, Zona Central da cidade, seguindo até o bairro de Charitas. Todos receberam medalha de finisher no final do percurso. Na prova solo de 21Km, tanto masculina como feminina, além de medalhas, houve premiação em dinheiro, sendo R$ 3 mil para o 1º lugar, R$ 2 mil para o 2º colocado, R$ 1.200 para o 3º, R$ 800,00 para o 4º e R$ 600,00 para o 5º lugar. Os três primeiros colocados por faixa etária de cada prova também receberam medalhas.

Entre os atletas estava até ex-prefeito Rodrigo Neves, que agora ocupa a Secretaria Executiva da Prefeitura de Niterói. Ele participou da prova dos 5km e elogiou o trabalho que Axel Grael vem fazendo para atrair mais turistas para a cidade.

"Niterói é uma cidade que tem vocação para o esporte. Nos finais de semana, principalmente, ela é uma grande arena de atividades esportivas, com as pessoas curtindo a nossa orla e nossas belezas naturais, seja na corrida, de bike ou parapente. E eu sou um desses. Um cidadão de Niterói que tem muito orgulho da cidade e curte praticar esporte. O Axel (Grael) está impulsionando bastante o desenvolvimento do turismo, e eventos esportivos como este contribuem muito, porque trazem pessoas de fora de Niterói para conhecer a cidade", destacou.

A Meia Maratona de Niterói tem organização de Karen Casalini e Armando Barcelos, ambos destaque no triathlon nacional, através da 3A eventos, com apoio da Prefeitura de Niterói por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e do Caminho Niemeyer, e patrocínio da Soter Engenharia, LPH Engenharia e Plural Saúde.

Os organizadores da Meia Maratona de Niterói ficaram satisfeitos com o evento, que teve recorde de inscritos e foi o maior já realizado até agora. Eles já começaram a pensar na próxima edição e prometem mais novidades.

"O evento foi um sucesso total. As pessoas estão elogiando muito. Foram quase três mil atletas e provas lotadas. O mais legal de tudo é ver as pessoas chegando felizes, todo mundo satisfeito. Deu tudo certo. Agora é preparar tudo para o ano que vem", diz Karen Casalini.

Armando Barcellos também comemorou. "Estamos na quinta meia maratona e a cada ano a gente consegue evoluir mais. Esta edição foi a melhor que nós já fizemos até agora e com o maior número de participantes. Estamos crescendo e as pessoas estão vendo o que a gente faz de esforço para uma prova muito melhor. E isso está se traduzindo em números de adeptos a cada ano. Temos bastante apoio da Prefeitura de Niterói e dos patrocinadores e, ano que vem, podem esperar que, além de tudo que vocês viram hoje, teremos mais atrativos e novidades", anunciou.

Provas Kids

O primeiro dia da 5ª Meia Maratona de Niterói, no sábado (9), foi um show de fofura e promoção da saúde, com a etapa kids. Crianças de 2 a 12 anos se divertiram e completaram o percurso, deixando os pais orgulhosos. É o caso da costureira Alice da Silva, que levou as duas filhas para participar da corrida após o marido ter estreado na edição de 2023.


"É importante para o desenvolvimento delas. Elas têm 11 e 6 anos e precisam praticar esportes. Como o meu esposo começou a correr na Meia Maratona do ano passado, por questão de saúde, e gostou bastante, decidimos colocá-las para participar este ano", conta a moradora de Itaboraí.

Sarah, uma de suas filhas, já praticava corrida e amou a experiência. Ela pensa em participar da prova novamente em 2024.

"Foi muito legal. Foi muito interessante ter participado desse momento tão incrível. Eu nunca tinha entrado numa competição grande assim. Só costumo correr na praça enquanto a minha mãe malha. Eu amei!", afirma.

Ex-triatleta, Karen Casalini explica a importância do esporte e das atividades ao ar livre para fazer as crianças movimentarem o corpo e saírem do sedentarismo.

"Atualmente as crianças estão muito focadas em telas e isso prejudica a saúde. Então, o que a gente promove aqui são várias atividades ao longo do dia para justamente tirar essas crianças do sofá, do sedentarismo para praticar atividade física. É super importante para a vida como um todo, não só para a saúde física, como para a saúde mental e para uma boa socialização", frisou.

Também no sábado, o ultraman (triatleta) Alexandre Ribeiro fez o pré-lançamento do seu livro "Ultraman, a história do Triatleta Hexacampeão Mundial". Após conviver 40 anos com o esporte, ele conta na obra as suas vitórias, derrotas, aprendizados e ensinamentos que acumulou na sua jornada pelo atletismo e no Triathlon. A autobiografia foi escrita em parceria com os jornalistas Iúri Totti e Marcos Dantas, com edição do Clube dos Autores.

"O livro demorou 10 anos para ser publicado. Foi uma viagem bem longa. Conta a minha história desde o início. É uma história de vida, não só minha, mas das pessoas que conheci ao longo dessa jornada. Conta também um pouco da história do triathlon no Brasil. As pessoas vão gostar muito".

Acostumado com a corrida e os eventos ao ar livre, Alexandre classifica a atividade física como o melhor remédio para as doenças e a compara com a prática de escovar os dentes.

"É importante as pessoas começarem a praticar esporte. O melhor remédio da natureza é a atividade física. A pessoa dorme melhor, se alimenta melhor, fica mais paciente e rende mais no trabalho. A vida fica mais equilibrada quando a pessoa pratica esporte. Eu dou exemplo de atletas que treinei e tomavam remédios tarja preta ou tinham problemas com obesidade e diabetes. Ao longo dos anos eles foram tirando os remédios e ficaram saudáveis, com uma vida mais regrada em função da atividade física. É igual a escovar os dentes, obrigatório para o ser humano".

Secretário de Esporte e Lazer de Niterói, Rubens Goulart frisa a importância da Meia Maratona de Niterói na agenda de eventos da cidade. "A corrida é um dos esportes mais democráticos que existe, ainda mais numa cidade como Niterói que tem na sua orla uma paisagem espetacular. A Meia Maratona, assim como a Maratona de Niterói, que nasceu na esteira do sucesso da prova de 21Km, tem uma organização perfeita e atrai atletas de elite e amadores, referendando Niterói no calendário esportivo em nível nacional. Isso é fantástico para o município", afirma.

---

São Gonçalo RJ reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga o São Gonçalo RJ no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade. Leia também o São Gonçalo RJ através do Google Notícias.


Comunicar erro
Comentários