18/05/2024 (21) 979164559

Polícia

OFERTAS NA SHOPPE - local1

Operação policial desmantela esquema milionário de lavagem de dinheiro ligado ao TCP

Segundo as investigações, laranjas do Terceiro Comando Puro (TCP) movimentaram R$ 30 milhões em 1 ano. A facção tem grande impacto nos √≠ndices de roubo de ve√≠culos no RJ.

Por Redacao 16/05/2024 às 07:36:22

Foto: Reprodução / TV Globo

Receba not√≠cias do São Gonçalo RJ no seu Whatsapp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o grupo: Clique aqui!

Na manhã desta quinta-feira (16), uma investida coordenada da Pol√≠cia Civil chocou o estado do Rio de Janeiro, revelando um intricado esquema de lavagem de dinheiro alimentado pelo roubo de ve√≠culos perpetrado por traficantes associados ao poderoso Terceiro Comando Puro (TCP). A operação resultou na prisão de um indiv√≠duo até o momento desta reportagem.


As investigações conduzidas pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) apontam que laranjas vinculados ao TCP movimentaram uma cifra alarmante de R$ 30 milhões em apenas um ano. Essa facção, conhecida por sua influ√™ncia no cen√°rio criminal do Rio de Janeiro, exerce um impacto devastador nos √≠ndices de roubo de ve√≠culos no estado. Segundo a DRF, o TCP desmantela aproximadamente 80 ve√≠culos roubados semanalmente, operando em comunidades como Guacha, Gogó da Ema e Santa Tereza, situadas em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.


Os agentes empreenderam uma ação audaciosa para cumprir quatro mandados de prisão tempor√°ria e 113 de busca e apreensão, expedidos pela 2¬™ Vara Criminal Especializada. Entre os alvos de destaque estava Geon√°rio Fernandes Pereira Moreno, conhecido como Genaro, apontado como l√≠der do TCP. Outra prisão relevante foi a de Robson Lopes Alves, também conhecido como Tobah ou Foca, que foi capturado em São Paulo.


Um dos endereços visados nas buscas era um depósito de bebidas registrado em nome de Fl√°vio Sobrinho de Moraes, um comerciante e pré-candidato a vereador. No entanto, ele negou veementemente qualquer ligação com a quadrilha.


As partes dos ve√≠culos roubados são armazenadas em depósitos registrados em nome de laranjas e, posteriormente, são enviadas para São Paulo, onde são distribu√≠das para "clientes" em diversos estados, incluindo Minas Gerais, Goi√°s, Santa Catarina, Bahia e Alagoas. Nessas localidades, as peças são comercializadas em ferros-velhos e lojas de autopeças, alimentando um mercado clandestino que prospera à sombra das atividades criminosas do TCP.


A operação policial destaca a urg√™ncia de combater não apenas o roubo de ve√≠culos, mas também os complexos mecanismos de lavagem de dinheiro que sustentam essas organizações criminosas, reforçando a determinação das autoridades em desmantelar as estruturas de poder que perpetuam a criminalidade em nosso pa√≠s.

---

São Gonçalo RJ reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação respons√°vel e que voc√™ pode confiar.

Siga o São Gonçalo RJ no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade. Leia também o São Gonçalo RJ através do Google Not√≠cias


Comunicar erro
Coment√°rios