19/06/2024 (21) 979164559

Geral

Suspeita de jogar ácido em jovem por ciúmes é presa

Ao ser questionada sobre sua possível participação no ataque a Isabelly, a mulher admitiu ter jogado ácido na vítima, justificando seu ato pelo ciúme do ex-companheiro

Por Redação 24/05/2024 às 16:31:10

Foto: Reprodução

Receba notícias do São Gonçalo RJ no seu Whatsapp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o grupo: Clique aqui!


BRASIL - Na manhã desta sexta-feira (24), a Polícia Militar do Paraná efetuou a prisão da suspeita de jogar ácido na jovem Isabelly Aparecida Ferreira Moro, de 23 anos, que atualmente se encontra em estado grave no Hospital Universitário de Londrina (HU). O crime chocou a região e despertou uma intensa mobilização policial para esclarecer os fatos.

Conforme relatos das autoridades, a mulher detida confessou ter cometido o ato por ciúmes do ex-marido, supostamente envolvido em um relacionamento com Isabelly. A suspeita foi identificada após ela própria contatar a polícia, alegando estar sendo perseguida por quatro homens. No entanto, sua versão inconsistente levantou suspeitas dos investigadores, que a interrogaram sobre o caso da jovem ferida.

Ao ser questionada sobre sua possível participação no ataque a Isabelly, a mulher admitiu ter jogado ácido na vítima, justificando seu ato pelo ciúme do ex-companheiro, que já está sob custódia policial. A suspeita foi detida no pátio de um hotel por volta das 5h e conduzida à delegacia, onde enfrentará acusações de tentativa de homicídio. A expectativa é que a investigação seja concluída ainda nesta sexta-feira.

Isabelly sofreu graves queimaduras no rosto, peito e boca, além de ter ingerido parte do líquido corrosivo. Após o ataque, ela foi vista correndo pela rua em busca de ajuda, como registrado por câmeras de segurança da região. O barbeiro Décio Silva foi um dos primeiros a prestar socorro à jovem, levando-a rapidamente ao Hospital Universitário de Londrina (HU).

"Eu peguei a menina, coloquei no carro e levei ela no hospital. Ela não conseguia falar nada. Não conheço ela, mas espero que ela se recupere. Se Deus quiser, ela vai sair dessa", expressou Décio Silva em entrevista ao portal G1, demonstrando solidariedade e empatia diante da situação delicada enfrentada pela vítima.

O caso continua sob investigação, enquanto a comunidade local manifesta indignação e apoio à recuperação de Isabelly, além de exigir justiça para que atos de violência como este não se repitam.

---

São Gonçalo RJ reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga o São Gonçalo RJ no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade. Leia também o São Gonçalo RJ através do Google Notícias

Comunicar erro
Comentários
Acompanhantes Goiania