17/06/2024 (21) 979164559

PolĂ­tica

OFERTAS NA SHOPPE - local1

Aluna de 14 anos teve dente quebrado ao ser agredida dentro de escola em São Gonçalo

A jovem, alĂ©m de enfrentar as consequĂȘncias fĂ­sicas da agressão, agora lida com o bullying por parte de seus colegas

Por Redacao 07/06/2024 às 11:11:35

Foto: Reprodução

Receba notĂ­cias do São Gonçalo RJ no seu Whatsapp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o grupo: Clique aqui!

O Colégio Estadual Augusto CezĂĄrio Diaz André, localizado no bairro Pacheco, em São Gonçalo, se tornou palco de um episódio chocante de violĂȘncia dentro das suas próprias dependĂȘncias. Uma menina de 14 anos foi agredida durante uma brincadeira que saiu do controle, resultando em agressões fĂ­sicas graves e um dente quebrado.


O incidente ocorreu em 23 de maio, quando um grupo de alunos participava de uma partida de "verdade ou consequĂȘncia". Segundo relatos, a vĂ­tima se recusou a cumprir uma das consequĂȘncias impostas pela brincadeira, o que desencadeou uma série de agressões fĂ­sicas. A adolescente teria sido alvo de tapas, chutes e teve um de seus dentes quebrados após ser atingida com uma mochila, resultando em uma queda que provocou a fratura.


Renata da Silva, mãe da adolescente, expressou sua indignação com a falta de assistĂȘncia por parte da direção da escola. Segundo ela, ao invés de prestar socorro à vĂ­tima, a diretora simplesmente comunicou que a estudante estava sendo enviada para casa, segurando na mão o dente quebrado.


"Sem ajuda da direção", afirmou Renata, destacando a negligĂȘncia da escola diante da situação grave vivenciada por sua filha. A famĂ­lia registrou um boletim de ocorrĂȘncia na 75ÂȘ DP (Rio do Ouro) e aguarda os resultados de um exame de corpo de delito.


Em resposta às acusações, a Secretaria Estadual de Educação se pronunciou, descrevendo o incidente como uma "brincadeira infeliz" que resultou em um "incidente". A direção da escola teria entrado em contato com a mãe da estudante, que optou por levĂĄ-la para casa. Os alunos envolvidos foram suspensos das atividades escolares.


A jovem, além de enfrentar as consequĂȘncias fĂ­sicas da agressão, agora lida com o bullying por parte de seus colegas, tornando insustentĂĄvel seu retorno à escola. A mãe relata que a situação piorou após a divulgação do ocorrido, com os colegas de sua filha zombando da ausĂȘncia do dente da frente.


Diante da gravidade dos fatos, a PolĂ­cia Civil estĂĄ investigando o caso. Enquanto isso, a adolescente passou por uma cirurgia para remover os fragmentos do dente que estavam presos na gengiva, enfrentando não apenas as sequelas fĂ­sicas, mas também o trauma psicológico causado pela violĂȘncia vivenciada em um ambiente que deveria ser seguro e acolhedor.

---

São Gonçalo RJ reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsĂĄvel e que vocĂȘ pode confiar.

Siga o São Gonçalo RJ no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade. Leia também o São Gonçalo RJ através do Google NotĂ­cias

Comunicar erro
ComentĂĄrios
Acompanhantes Goiania