ANUNCIE_GRATIS_30_DIAS_TOP

Criança de 1 ano morre e família acusa hospital de erro médico em Niterói

Por Redação em 15/09/2020 às 09:45:27
Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

A mãe da pequena Myrella Oliveira Ferreira, de apenas 1 ano, denuncia uma suposta negligência médica que teria causado a morte de sua filha. A pequena faleceu no dia 8 deste mês, após ficar internada 22 dias no Hospital Municipal Getúlio Vargas Filho, o Getúlinho, no Fonseca, Zona Norte de Niterói.

Segunda scarlatt, mãe da criança, a família que rezide em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, foi para a casa da avó da criança, no bairro de Itaipu, em Niterói, no início do mês, para comemorar a festa de aniversário d criança. Ainda de acordo com a mãe, a filha estava febriu, mas ela pensou que fosse por conta do nascimento de dentes, como a febre não abaixou ela decidiu procurar uma unidade de saúde. A primeira unidade que a criança deu entrada foi o Hospital Mário Monteiro, em Piratininga, na Região Oceânica.

"O médio só passou o raio x e falou que o pulmão dela estava limpo, falou ainda que o caso da minha filha podia ser uma crise de bronquite e liberou. Mas como a febre persistiu voltei na Unidade, sem fazer o exame a médica falou que o caso dela seria infecção urinária, ela receitou antibiótico e liberou. Ainda sem a febre passar eu levei ela no Getúlinho, onde ela foi medicada e liberada. Eu ainda paguei uma consulta em uma clínica particular, onde o médico tambem falou que ela estava com infecção urinária", disse a mãe.

Myrella foi internada no dia 17 de agosto, no Getúlinho. Segundo a mãe, ela não recebeu até hoje o prontuário e segue sem saber o que teria causado a morte da filha.

Procurada, a Prefeitura de Niterói informou que lamenta o ocorrido e esclarece que, de acordo com a direção da Unidade de Urgência Mário Monteiro, Myrella, recebeu atendimento do pediatra de plantão e realizou exames complementares como Raio X e exame de sangue sem alterações no dia 4 de agosto. Ao retornar para emergência no dia 08/08, a paciente realizou novos exames que indicaram possível infecção urinária. Foi receitado antibiótico e solicitado retorno. No dia 13/08, a equipe médica reavaliou e substituiu o medicamento solicitando novo retorno dentro de 48 horas. É importante esclarecer que em todos os momentos a paciente apresentou bom estado geral, sem indicação de internação. A criança retornou apenas no dia 17/08, desta vez com quadro de febre e indicação de internação. No dia 18/08 Myrella foi transferida para o Hospital Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, com quadro de meningite e tuberculose, onde recebeu todos os cuidados necessários.

Na verificação dos fatos não foi identificada negligência médica, porém será estabelecida uma comissão para avaliação do caso.



Tags:   Niterói

Comentários

Whatshapp
Anuncie 728x90-p3