26/10/2021 (21) 979164559

Polícia

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO do WhatsApp -728x90 - Topo do Site - Local 1 e 2

Cartaz pede informações sobre criminosos que assassinaram sargento da Polícia Militar

Os disparos vieram da parte alta do Morro da Caixas D

Por Redação 14/10/2021 às 06:01:19

Foto: Divulgação

O Portal dos Procurados divulga nesta sexta-feira (08), um cartaz para ajudar nas investigações do Núcleo de Investigação de Morte de Policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (NIMP), para obter informações que possam levar aos criminosos que disparam tiros do alto do Morro da Caixa D"Água e Saçu, em Quintino, Zona Norte do Rio, e acertaram o 3º Sargento da Policia Militar do Rio de Janeiro, Bruno dos Santos Barbosa, de 38 anos. Ele completaria 15 anos de serviço, agora em outubro.

Lotado no Grupamento de Ações Táticas – GAT – do 9º BPM, Rocha Miranda, juntos com outros policiais, foram até o local por causa de informações de que dois homens armados realizavam assaltos na Rua Pedro Reis, em Quintino. Ao abordarem dois criminosos, os agentes deram ordem de parada. Houve reação por parte dos bandidos, atirando contra os policiais, e os dois ficaram feridos. No momento em que os policiais faziam o isolamento do local para a perícia, foram alvos de traficantes armados que estavam na parte alta do Morro da Caixa D"água, e o Sargento Bruno acabou sendo atingido próximo a axila.

Levado para o Hospital Salgado Filho - HSF -, no Meier, o policial militar acabou não resistindo aos ferimentos. Os criminosos, também foram levados para a mesma unidade hospitalar, sendo que um deles, chegou morto no hospital.

Agentes da DHC, estiveram no local, fizeram pericia, e buscam informações para identificar aos autores dos disparos. O policiamento foi intensificado na região e ações de varredura estão sendo realizadas em busca dos envolvidos na ação.

Com a morte do 3º SGT/PM Bruno, chega a sessenta e três o número de Agentes de Segurança mortos em 2021. Sendo quarenta e sete da Polícia Militar/RJ, quatro da Polícia Civil, três Agente Penitenciário, dois da Marinha do Brasil, dois do EB/Exército Brasileiro, dois da Guarda Municipal, um do Degase, um Sargento da Reserva do EB, 01 Bombeiro e um Policial Militar do Estado de São Paulo, morto em abril, em Barra Mansa.

A maioria dos policiais mortos de forma violenta no estado do Rio de Janeiro, por ações de traficantes, estavam lotados em unidades operacionais.

O Disque Denúncia recebe informações sobre a localização dos criminosos, nos seguintes canais de atendimento:


Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099

(21) 2253 1177 ou 0300-253-1177

APP "Disque Denúncia RJ"

Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/,

https://twitter.com/PProcurados (mensagens).

A DHC está encarregada do caso e do inquérito criminal.

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

Curta nossa página no facebook é só clicar no botão

Comunicar erro
Comentários