30/11/2021 (21) 979164559

Polícia

Anuncie 728x90 - Local - 1

Homicida foragido do Ceará é presi na Zona Norte do Rio

Ele fazia parte da quadrilha do Ex-Vereador de IPU Fábio Fabuloso, morto em 2015

Por Redação 22/10/2021 às 07:56:13

Policiais Militares da Superintendência de Inteligência e Análise - SIA, da Coordenadoria de Polícia Pacificadora – CPP - em ação conjunta com a Polinter, Núcleo de Inteligência da 5°UPP/6 ° BPM/Morro dos Macacos, através de Dados de Inteligência, e ajuda do Disque Denúncia (2253-1177), prenderam nesta quinta-feira (21), o foragido da Justiça do Ceará/CE, Francisco Wellington Silva Caetano, o Branco ou Branquinho, de 38 anos.

Branco, estava escondido em uma residência, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio, e é foragido do interior do Estado do Ceara e pertencia a uma das quadrilhas mais perigosas do Norte do Ceará, que era chefiada pelo ex Vereador de IPU, Antônio Fabio Borges, o Fábio Fabuloso, assassinado em 2015. A quadrilha efetuava roubos a bancos, carros fortes, clonagem de cartões e aterrorizava o norte do estado do Ceará.

Seu chefe conhecido como Fabio Fabuloso, foi um dos criminosos mais procurados do Estado do Ceará. Sua quadrilha que na época era ligada à facção ADA que chefiava o tráfico no Morro dos Macacos, o que fez com que Branco fosse se esconder na referida favela desde 2017.

O criminoso estava sendo monitorado pela Polinter e pela SIA/ CPP em um trabalho integrado entre as instituições, que montaram uma operação de inteligência no dia de hoje, com apoio operacional da UPP do Morro dos Macacos. Contra Francisco Wellington, havia dois Mandado de Prisão, relativo aos crimes de Roubo Majorado (Artigo 157), e um Triplo Homicídio (Artigo 121), expedido pelas Varas Criminais de IPU e Guaraciaba do Norte, no Ceará/CE.

A ocorrência foi conduzida a Polinter, onde foi cumprido o mandado de prisão e tomadas as medidas cabíveis. O preso foi transferido para a SEAP, onde ficará à disposição da Justiça.

A ação não resultou em qualquer efeito colateral, não havendo a vitimização de civis inocentes ou agentes do Estado. Com essa prisão a SIA/CPP contabiliza 112 criminosos monitorados e presos e 31 armas aprendidas no ano de 2021.

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

Curta nossa página no facebook é só clicar no botão

Comunicar erro
Comentários