:
24/02/2024 (21) 979164559

PolĂ­cia

Disque Denúncia pede informações de dupla envolvida em esquema de pirâmide financeira em Niterói

O esquema fraudulento lesou pelo menos mil pessoas

Por Redacao 23/11/2023 às 18:50:34

Foto: Divulgação

O Disque DenĂșncia divulga, nesta quinta-feira (23), um cartaz para ajudar O Ministério PĂșblico do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), a Coordenadoria de Segurança e InteligĂȘncia (CSI/MPRJ), e a PolĂ­cia Civil, por meio da 76ÂȘ DP (Niterói), e a Corregedoria e Subsecretaria de InteligĂȘncia (Ssinte), a fim de obter informações que levem às prisões de Anderson Almeida de Azevedo JĂșnior, (Diretor de Novos Negócios da empresa Atomix), de 31 anos e de Mabia Torres de Almeida, (Diretora de Marketing da empresa Atomix), de 32.

Não perca nossas principais notĂ­cias, participe do nosso grupo de WhatsApp CLIQUE AQUI e fique informado todos os dias. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

Eles fazem parte de uma organização criminosa voltada para a prĂĄtica de estelionato através de supostos investimentos em renda variĂĄvel por meio da promessa de lucros fixos mensais de até 16% do capital aplicado, popularmente conhecida como o golpe da pirĂąmide financeira.


Ao todo, o GAECO/MPRJ denunciou 15 pessoas pelos crimes de organização criminosa armada, estelionatos, crime contra a economia popular e lavagem de dinheiro. Os mandados, foram expedidos pela 1ÂȘ Vara Criminal Especializada em Organização Criminosa. A pedido do GAECO/MPRJ, o JuĂ­zo também determinou sequestro de bens e o bloqueio de valores dos criminosos. Quatro dos seis mandados de prisão, foram cumpridos nesta quinta-feira (23), e entre os presos estĂĄ André Felipe de Oliveira Silva, apontado pelo GAECO/MPRJ como lĂ­der da organização criminosa armada.


Segundo as investigações, a empresa Atomx — que depois virou Atrion Invest —, com sede em Niterói, prometia ganhos fixos mensais de 3% a 15%, a tĂ­tulo de rendimento gerado a partir de "traders de criptomoedas". Pelo menos mil pessoas foram lesadas. A firma investiu massivamente em marketing, inclusive patrocinando eventos. Os responsĂĄveis ostentavam muito luxo.


As buscas pelos dois foragidos, continuam, e O Gaeco/MPRJ solicita que informações sobre a localização dos procurados seja repassada para o Disque DenĂșncia, nos seguintes canais de atendimento:


Central de atendimento: (021) - 2253 1177 ou 0300-253-1177

WhatsApp Anonimizado: (021) – 2253-1177 (técnica de processamento de dados que remove ou modifica informações que possam identificar uma pessoa)

Aplicativo: Disque DenĂșncia RJ

----

São Gonçalo RJ reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsĂĄvel e que vocĂȘ pode confiar.

Siga o São Gonçalo RJ no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade. Leia também o São Gonçalo RJ através do Google NotĂ­cias.



Comunicar erro
ComentĂĄrios