:
27/02/2024 (21) 979164559

Manchetes

Assassinatos de pessoas trans aumentam mais de 10%, diz associação

O caso mais atual, foi o de Amanda Soares de 23 (Centro da foto) morta a facada pelo homem com quem vivia um relacionamento escondido. O crime aconteceu em São Gonçalo

Por Wanessa Dias 13/02/2024 às 07:33:34

Foto: Reprodução

O Brasil teve 155 pessoas trans assassinadas em 2023, um aumento de mais de 10% referente ao ano anterior, segundo relatório anual da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra). Ao todo foram 145 casos de assassinatos e 10 pessoas trans suicidadas. A mais jovem trans assassinada tinha 13 anos.

Receba notícias do São Gonçalo RJ no seu Whatsapp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o grupo: Clique aqui!


Atualmente, em 2024, o caso que repercutiu nacionalmenta, foi o assassinato da cantora trans Amanda Soares, mais conhecida como Mandy Gin Drag, de 23 anos, que foi brutalmente assassinada a facadas no bairro Jardim Nova República, em São Gonçalo. O autor do crime foi o homem, de 26 anos, com quem ela tinha um relacionamento escondido desde a adolescência.


Perfil dos suspeitos

A maior parte dos suspeitos, em geral, não costumam ter relação direta, social ou afetiva com a vítima, aponta o Dossiê de 2023.

Entre os casos em que os suspeitos foram efetivamente reconhecidos, 11 tinham algum vínculo afetivo com a vítima, como namorado, ex ou marido. Outros 12 casos ocorreram em contextos de programas sexuais contratados pelos suspeitos. Em diversos casos, a pesquisa identificou a narrativa em que os suspeitos tentaram transfe




Violência e crueldades

O dossiê divulga também dados sobre os meios usados para cometer o assassinato, como tiro, facada, espancamento, estrangulamento, apedrejamento e outros.

Os casos ocorrem em sua maioria (54%) com uso excessivo de violência e requintes de crueldade.

Dos 122 casos com informações, 56 (46%) foram cometidos por armas de fogo; 29 (24%) por arma branca; 12 (10%) por espancamento, apedrejamento, asfixia e/ou estrangulamento e 25 (20%) de outros meios, como pauladas, degolamento e corpos carbonizados. Houve, ainda, 24 casos de clara execução, com número elevado de tiros ou a queima-roupa ou de alto número de perfurações por objeto cortante.

---

São Gonçalo RJ reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga o São Gonçalo RJ no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade. Leia também o São Gonçalo RJ através do Google Notícias



Comunicar erro
Comentários