14/04/2024 (21) 979164559

PolĂ­tica

Moraes concede permissão à CGU para ter acesso às investigações envolvendo Bolsonaro

O compartilhamento abrange dados relacionados aos apoiadores do ex-presidente

Por Breendon Santos 24/01/2024 às 21:58:56

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Nesta quarta-feira (24), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu autorização para o compartilhamento das investigações abertas contra o ex-presidente Jair Bolsonaro e seus aliados na Corte com a Controladoria-Geral da União (CGU). Com essa decisão, a CGU receberĂĄ cópias das investigações relacionadas aos eventos de 8 de janeiro de 2023, atos golpistas; fraude nos cartões de vacina de Bolsonaro; joias doadas pelo governo da ArĂĄbia Saudita; utilização da AgĂȘncia Brasileira de InteligĂȘncia (Abin) para espionar opositores; interferĂȘncia da Polícia RodoviĂĄria Federal (PRF) nas eleições de 2022; e a atuação de milícias digitais para minar a democracia brasileira.

Apesar da autorização para o compartilhamento dos dados, Moraes não permitiu o envio de delações premiadas ao órgão. O ministro argumentou que, neste momento processual, seria prematuro devido à pendĂȘncia de finalização das diversas diligĂȘncias determinadas. O pedido de acesso às investigações foi feito pela CGU, que busca apurar a conduta de servidores públicos envolvidos nos fatos investigados.

Comunicar erro
ComentĂĄrios