:
22/02/2024 (21) 979164559

Manchetes

Gerente do tráfico em Guaxindiba é preso em hospital do Rio, após trocar tiros com a PM, em SG

Por Wanessa Dias 27/09/2022 às 03:47:40

Foto: Reprodução

Um homem identificado como Leonardo Pereira Dias, conhecido como LD, de 28 anos, apontado como gerente do tráfico de drogas na comunidade de Guaxindiba, São Gonçalo, foi preso nesta segunda-feira (26) no Hospital Municipal Miguel Couto, no bairro do Leblon, onde estava internado. Ele buscou atendimento na unidade após trocar tiros com policiais militares na comunidade. Por conta do ferimento, ele teve que amputar uma das pernas.

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

Segundo a Polícia Civil, após monitoramento de inteligência, os agentes da 74ª Delegacia Policial (DP) de Alcântara, lograram êxito em localizar e capturar LD na capital do RJ, internado no Miguel Couto. Contra ele, havia um mandado de prisão, oriundo da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo.

Ainda segundo a Polícia Civil, LD possui atuação no tráfico de drogas em Guaxindiba, exercendo a função de gerente do tráfico. Foi descoberto que ele se encontrava internado após sua perna ter sido amputada, em detrimento de confronto havido recentemente com a Polícia Militar no interior da comunidade.

Segundo as investigações, com perfil violento, LD foi o principal autor de um homicídio tentado, praticado contra um comerciante no dia 22 de junho deste ano, no interior da própria comunidade. Tal comerciante não aceitava se sujeitar às regras impostas pelo tráfico local, passando a ser alvo dos traficantes.

À ocasião, LD e demais comparsas, todos já devidamente identificados e com mandado de prisão preventiva expedido, dirigiram-se até o bar de propriedade da vítima e, sem possibilitar qualquer chance de defesa, efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra a mesma. A vítima sobreviveu, contudo, acumulou diversas sequelas em razão do atentado sofrido.

Na mesma ação, foi ainda subtraída pelos criminosos uma pistola calibre 9mm, registrada, de propriedade do comerciante/vítima.

Após os fatos, o líder do tráfico de drogas da região, Leonardo Oliveira dos Santos, conhecido como Playboy, passou a ostentar nas redes sociais a pistola que foi subtraída na ação criminosa, referindo-se à mesma como um "presente", numa clara atitude de deboche e desprezo à vida humana.

LD foi conduzido à sede da 74ª DP onde prestou depoimento e foi transferido ao sistema prisional.

Leia também o São Gonçalo RJ através do Google Notícias. Curta nossa página no Facebook é só clicar no botão



Comunicar erro
Comentários